Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

madrugada
No comando: THE BEST OF MADRUGADA

Das 00:01 as 06:00

prog_melody
No comando: MELODY

Das 02:00 as 04:00

prog_bausertanejo
No comando: BAÚ SERTANEJO

Das 07:00 as 09:00

prog_manha
No comando: SHOW DA MANHÃ

Das 08:00 as 10:00

prog_arena_sertaneja
No comando: ARENA SERTANEJA

Das 09:00 as 11:00

prog_vibemix
No comando: VIBE MIX

Das 10:00 as 12:00

prog_superhits
No comando: SUPER HITS

Das 11:00 as 13:00

prog_themusic
No comando: THE MUSIC OF TIME

Das 12:00 as 14:00

prog_sec_maxima
No comando: SEQUÊNCIA MÁXIMA

Das 13:00 as 15:00

prog_sec_maxima
No comando: SEQUÊNCIA MÁXIMA

Das 14:00 as 15:00

prog_sec_eletronica
No comando: SECRETÁRIA ELETRÔNICA

Das 15:00 as 16:00

prog_superhits
No comando: SUPER HITS

Das 15:00 as 17:00

prog_sec_maxima
No comando: SEQUÊNCIA MÁXIMA

Das 16:00 as 18:00

prog_sec_maxima
No comando: SEQUÊNCIA MÁXIMA

Das 17:00 as 18:00

prog_top_12
No comando: TOP 12

Das 18:00 as 19:00

prog_top_12
No comando: TOP 12

Das 18:00 as 20:00

prog_sec_maxima
No comando: SEQUÊNCIA MÁXIMA

Das 19:00 as 22:00

prog_vibemix
No comando: VIBE MIX

Das 20:00 as 22:00

prog_melody
No comando: MELODY

Das 23:59 as 02:00

8 Curiosidades da História do Lollapalooza

Compartilhe:
lolllapalooza

Confira abaixo, em alto e bom som:

A criação do Festival Lollapalooza

A história de que Perry Farrell criou o festival para realizar uma turnê de despedida de sua banda, o Jane’s Addiction, está mais do que contada.

O que pouca gente sabe, é que a não inclusão da banda no festival britânico Reading Festival, foi um fator motivador para Farrell e sua trupe criarem o festival, inspirados no Gathering Of The Tribes, festival organizado por Ian Astbury, do The Cult.

Outra curiosidade é que o nome Lollapalooza, que em forçada tradução significa algo fora do comum, veio de um episódio de Os Três Patetas. Farrell gostou do termo antiquado, verificou sua origem e praticamente o tornou sinônimo de música alternativa na linguagem mundial.

Grandes bandas que cancelaram suas apresentações no Lollapalooza

Ao mesmo tempo em que importantes nomes já passaram pelos palcos do Lollapalooza, alguns tiveram a oportunidade, porém tiveram que cancelar suas apresentações.

O maior exemplo, e talvez a ausência mais sentida, na história do Lollapalooza é o Nirvana. Pré-anunciados como headliners do Lollapalooza 1994, ao lado de L7 e Beastie Boys, o trio teve sua desistência anunciada no dia 6 de abril, pelo Los Angeles Times. O Lollapalooza confirmou no dia 7. E no dia seguinte, Kurt Cobain foi encontrado morto.

Curiosamente, o Beastie Boys, que estava no Lollapalooza 1994, também cancelou uma outra participação. Foi em 2009, após Adam Yauch publicar um vídeo anunciando que ele tinha um tumor em sua glândula salivar. No anúncio, ele pediu desculpas aos fãs, mas disse que o câncer foi tratado. Infelizmente, foi a primeira batalha de uma guerra que durou até o seu falecimento, em 2012.

Os últimos momentos do Ramones

Infelizmente, a primeira participação do Ramones no Lollapalooza, acabou sendo a última. Debaixo de sol, a banda apresentou o seu set básico, mas com a energia explosiva de sempre. Dois dias após aquela pequena turnê de despedida, a banda faria o seu último show, em Hollywood.

Desconhecidos em um ano, headliners no outro

Honrando um de seus princípios, no caso, o de dar espaço para artistas independentes, o Lollapalooza possui alguns casos curiosos de bandas e artistas que em um ano se apresentaram em palco menores, e depois de algum tempo, se apresentavam como headliners.

O primeiro caso aconteceu em 1993, quando o Cypress Hill se apresentou no Sige Stage e, em 1995, fazia parte dos headliners do festival. Em 1996, foi criado um terceiro palco para o festival apenas com artistas independentes e lá estava o, então desconhecido, Korn, que seria headliner no ano seguinte.

Mas, talvez, o maior nome dessa lista seja a Lady Gaga. Em 2007, ela se apresentou em um palco alternativo e se tornou a grande surpresa do festival. Três anos depois, ela estaria no palco principal, com uma apresentação que custou aproximadamente 100.000 dólares!

O Pearl Jam ganha o mundo

Uma banda que teve um sucesso semelhante foi o Pearl Jam. Em 1992, a banda havia acabado de lançar seu primeiro disco e era um nome ofuscado no meio dos outros headliners: Red Hot Chili Peppers, Soundgarden e The Jesus and Mary Chain. Entretanto, no palco, e com apresentações durante o dia, Eddie Vedder e seus companheiros roubaram a cena, se tornando mais um grande fenômeno de Seattle.

Itinerário Lollapalooza: Por onde o Festival já passou e ainda vai passar

O formato atual, com 2 ou 3 dias, em cidades do mundo inteiro, pode ser utilizado para classificar duas eras na história do Lollapalooza. Até 1997, e no ano isolado de 2003, quando se ensaiou um possível retorno, o festival era uma turnê com aproximadamente um mês de duração e que percorria várias cidades dos Estados Unidos.

O formato fixo em Chicago começou em 2005 e só em 2011 as fronteiras foram quebradas novamente e o festival aconteceu no Chile. Nos anos seguintes, Brasil, Argentina e Alemanha também receberam as suas edições do Lollapalooza. Em 2017, ocorreu a primeira edição em Paris, na França, totalizando 6 países em que o festival passou.

A primeira extinção do Festival Lollapalooza

Retornando o assunto de duas eras do Lollapalooza, podemos apontar 1997 como o último suspiro da música alternativa. No ano anterior, Farrell se afastou da produção do festival devido à escalação do Metallica e fez a edição de 1997 ficar recheada de artistas de música eletrônica e que não traziam muito do rock alternativo presente nos outros anos. Entre os headliners estavam: Devo, Prodigy, Orbital e, o já citado, Korn.

Resultado: com baixa procura dos fãs, o festival do ano seguinte foi cancelado, retornando apenas em 2003, que, apesar dos grandes nomes, também teve poucas vendas de ingressos. Então, o Lolla passou por uma reformulação e, em 2005, ganhou o formato atual em uma cidade fixa, no caso, Chicago, antes de se espalhar pelo mundo.

Uma outra curiosidade é que o Metallica acabou voltando como headliner do Lollapalooza 2015, edição que contou com Paul McCartney e Florence and the Machine.

Lollapalooza Brasil

E para finalizar esse texto recheado de curiosidades da história do Lollapalooza, claro que não poderia deixar de fora o Brasil. Com 6 edições realizadas e todas com excelente público, o Brasil recebeu seu primeiro Lollapalooza em 2012, quando um público de, aproximadamente, 135 mil pessoas lotou o Jockey Club de São Paulo, em dois dias de festival. Os grandes nomes da edição de estreia foram Foo Fighters e Arctic Monkeys.

Nos anos seguintes, o público brasileiro teve a oportunidade de conferir shows de bandas como: Pearl Jam, The Killers, The Black Keys, Queens Of The Stone Age, Muse, Soundgarden, Nine Inch Nails, Jack White, The Smashing Pumpkins, Florence and the Machine, Kaskade, Rancid, Duran Duran e muito outros! Sem dizer os brasileiros do Planet Hemp, Céu, BaianaSystem, Karol Conka e O Terno, só para citar alguns.

De fato, ao longo de sua história, o Lollapalooza se mostrou ser um festival capaz de oferecer momentos inesquecíveis. E caso você nunca tenha ido, fique esperto, afinal nos próximos meses será anunciado o line up da sétima edição no Brasil, que acontecerá em 2018,  no Autódromo de Interlagos. Agora, se você já pode conferir alguma edição, comente aqui como foi sua experiência. Até a próxima!

Deixe seu comentário:

Curiosidades

  • lolllapalooza

    8 Curiosidades da História do Lollapalooza

    O intuito de propagar a música alternativa e artistas independentes, que começavam a tomar as paradas mainstream da década de 90, somado aos seu mais de 25 anos de existência, fizeram do Lollapalooza um celeiro... Leia mais

    Em 26/03/2018
  • duotone_large_1d1069_00ff57_aerosmith777

    Rock in Rio 2017: Artistas mais influentes no Instagram

    As principais atrações do Rock in Rio já se preparam para desembarcar no Brasil para participarem dos sete dias do festival, que começa no dia 15 de setembro na Cidade do Rock, localizada no Parque Olímpico do Rio... Leia mais

    Em 06/09/2017